23 de abril de 2011



Onde me escondo e ninguém me acha,
Onde sei que o mundo que todos julgam normal não existe,
Onde penso em mim e não em vocês.
“[...] Desvinculação deliberada do mundo cotidiano [...]”

"Há duas portas do sono. Uma é feita de chifre, que dá passagem fácil às sombras da verdade; a outra, de marfim refulgente de alvura, permite que os falsos sonhos ascendam aos céus."
(Eneida VI.893-896)




Nenhum comentário:

Postar um comentário

A minha opinião eu dei, agora quero ver a de vocês!