16 de julho de 2011


Essa semana esteve super difícil para mim por vários motivos, a distância das pessoas com as quais eu converso muito, a distância das pessoas que eu amo. Mas alguns motivos me fizeram me sentir mais feliz. Poderia até sita-los aqui mas não justificaria em nada tamanha felicidade, descobri que São Paulo ée muito longe de Pinhalzinho descobri na distância a saudade e a vontade de querer estar junto. Firmei uma nova amizade que foi construída em uma base bem sólida, só tenho a agradecer ao Ro Fers  um menino beem especial que se tornou um grande amigo essa ultima semana. Conversamos sobre varias coisas essa semana ... um ajudando o outro. Ele passando por várias dificuldades em sua vida mas ao mesmo tempo aberto para novas amizades ... “espero ter ajudado ;D ”
Porque a distância meche tanto com o emocional das pessoas?! Pra vocês terem uma idéia teve uns dois dias que dormir depois de chorar muito, não sei bem ao certo o que aconteceu comigo. Só sei que quero que quarta-feira chegue logo. Quero também que a faculdade recomece logo, pois só assim irei amenizar a dor da saudade que sinto de algumas pessoas. Descobri tambéem que muitas pessoas camuflam a sua aceitação, pessoas que se diziam totalmente a favor da Homossexualidade não são tão a favor assim. Sinto pena delas de certo modo mas sei que elas foram criadas em um meio diferente que fez com que pensassem assim. Mas reforço aqui que a saudade de uma pessoa em especial me fez me sentir algo diferente, que eu jamais imaginaria sentir antes.
SAUDADE.


“ [...] Sim eu gosto de você, e gosto de ficar com você [...] ”

“ Es inútil intentar que todos lo comprenden porque nunca fue necessario definir un sentimento, tan pequeño, y a la vez tan grande, solo hace falta sentirlo. " el dios al que you amo no me castigará por amar, ni por sentir, ni por ablar, pues el me dio corazón, sentimientos y boca. Pues el dios al que yo amo no está escrito, ni hablado, ni abalado, está em cada casa, eperando un milagro; a ti, solo a ti. ama y comprenderás.”


Nenhum comentário:

Postar um comentário

A minha opinião eu dei, agora quero ver a de vocês!