3 de maio de 2012

"- Nunca ninguém me disse que ia ser fácil, mas nunca ninguém me disse que ia ser difícil." 

Talvez ninguém além de mim conseguirá entender essa frase, mas nela se resume o hoje, e talvez o amanhã; uma incerteza tão grande de se conseguir alcançar a felicidade tão sonhada, e talvez aquele conto de fadas que muitas pessoas imaginam, mas não, a vida NÃO é assim. Você até pode conseguir aquele conto de fadas que sempre sonhou, mas olha meu amigo, não é fácil não e talvez nunca será. Casar, quem não sonha com isso?! Ter família?! O emprego dos sonhos?! Aquela vida ''normal'' ao lado do homem/mulher da sua vida. Pois bem e de tanto sonhar uma hora talvez você ache, ou não. Essas são as maiores incertezas da vida, com que irei casar, com quem irei ter os meus filhos, será que vamos ficar velhinhos juntos, será que alguém me ama, será que o felizes para sempre existe?! Não sei, mas gostaria um dia sentar ao lado de Deus e pedir pra Ele todas essas respostas, que hoje atormentam tanto os meus pensamentos. Vivemos nessa busca incessante pela felicidade e muitas vezes esquecemos o que realmente é ser feliz. Esses dias me peguei conversando com uma amiga minha sobre o tempo que morávamos na mesma cidade, quando tínhamos tempo de conversar sobre tudo, confidenciar os nossos segredos, por mais que eram coisas de adolescentes mas eram as nossas coisas. Poderiam até ser tolas, mas pra nós eram importantes e ajudaram a construir o nosso caráter. Eu e ela sentados sobre a sombra de uma bergamoteira, fedendo á bergamota, conversando, rindo, eramos felizes e como hoje conversamos: " não sabíamos distinguir essa felicidade que se escondia por entre um presente passageiro." Agora olho pra mim, aqui sentado nessa poltrona vermelha, com o not na minha frente sobre uma mesa branca, o mouse sobre um caderno, a manteiga de cacau sobre o canto do not, uma xícara de café pela metade e quase fria, eu a janela entreaberta, o frio que entra por ela consegue chegar ao fundo do meu peito por meio de uma rajada capaz de ultrapassar o entendimento de qualquer pessoa. O que sinto?! Medo - Saudade - Carência - Falta de Afeto, falta d'Ele. Sim, eu tenho alguém, por mais que o que escrevi a cima deixe transparecer um coração solitário, não estou só não. Tem alguém que se faz presente nos meus pensamentos, na minha vida, mesmo longe, ELE existe, daqui dois dias fizemos dois meses de Namoro - e lá pelo dia 24 um mês de Noivado. Nunca nos vimos pessoalmente, nunca o vi, nem pela web, mas o vejo todas as noites em meus sonhos, o vejo quando ninguém mais o vê, o sinto quando ninguém o sentia, o Amo quando todos esqueceram o que é amar de verdade. Eu apareci quando ele estava saindo de um relacionamento conturbado, eu sempre com um sorriso no rosto o fiz se apaixonar por mim, achei que ele era perfeito, mas não é, ele é HUMANO. Com todos os seus erros, com todos os seus defeitos e todas as suas qualidades que por sinal não são poucas, me fez aprender a ama-lo e a respeita-lo de tal forma que hoje os meus dias sem ele não tem mais graça, não sei se isso é loucura ou o que, mas sei que sinto a falta dele a cada vez que o meu coração pulsa, muitas pessoas podem achar besteira ou loucura mesmo sentir falta de alguém dessa forma, mas eu sinto - eu amo - eu vivo. Estamos longe, não sabemos do amanhã, tento amar ele hoje como se fosse o ultimo dia da minha vida, tento deixa-lo feliz a cada vez que ele me olha, tento fazer com que ele esqueça os problemas que a vida o impôs, muitas vezes consigo, mas muitas vezes eu sei que nem eu ao menos tenho força. Eu queria e quero ele perto de mim, se for pra ser feliz que seja agora, Deus já nos preparou tanto, Deus já nos fez provar tantas cosias um para com o outro, e olha eu posso dizer de boca cheia que não me arrependo mesmo, de nada. Só me arrependo de não ter te conhecido antes e ter te feito feliz antes, não deixar com que você sofresse tudo o que você sofreu, mas essa é a vida, quem sabe hoje, essa distancia toda sirva para nos mostrar o quanto somos importantes um na vida do outro e pra provar também que o nosso AMOR é cada dia maior. Acabei de comer duas bolachas de água e sal, a primeira coisa sólida que eu como depois do almoço de hoje, agora são 20:41 e eu to com saudade de você, to com saudade de você me chamando de Príncipe. Onde você tá que não tá aqui comigo agora?! Porque você está longe de mim?! Porque estamos separados agora?! To com frio, sinto saudade, preciso de colo. Sou forte, preciso ser forte, agora falta pouco, falta só uma semana e uns dois dias pra ti voltar pra mim, para nos vermos a primeira vez, para sentirmos o gosto do tão sonhado primeiro beijo, para sentirmos o calor dos nossos corpos juntos, para sentirmos o nosso cheiro, para finalmente nos amarmos como dois adolescentes sedentos por carinho - amor - cumplicidade. Sentir os teus cabelos por entre os meus dedos, olhar para o seu rosto suado depois de fazermos amor e ver em ti o AMOR da minha vida. Sinto saudade dos momentos que ainda não tive com você, mas acima de qualquer coisa sinto saudade do teu coração batendo junto ao meu. Venho até aqui para demonstrar a ti todo o meu amor e carinho, respeito e admiração, desejo e tesão, cumplicidade e carência. Eu Matheus, Te Amo Michael.




TE AMO <3
03/05/2012