27 de novembro de 2012

Percam dois segundos lendo ...

         Quando eu era pequeno acreditava que todos seriam meus amigos, que o mundo era um parque de diversões, contrariando o que minha mãe sempre dizia, que tudo era muito dificil, mas sempre acreditei que teria comigo pessoas que me ajudariam e que eu também as ajudaria, porém ao longo dos anos, fui aprendendo que contamos com amigos com a mesma quantidade que temos os dedos, que o mundo não é tão dificil assim, e que a minha inocência e ingenuidade eu tinha deixado a algum tempo, em um lugar chamado lembranças.

         Eu continuo acreditando em novas amizades, lindas e verdadeiras, acredito que o Papai Noel, Coelhinho da páscoa e histórias do velho do saco (ou do homem do papo), um dia já existiram, mas nós deixamos para trás.
         Hoje as pessoas acreditam em viver na moda, estar na moda, não parecer pior do que o outro, indiferente de se essa pessoa te conhece ou não, vivemos em um mundo fútil e consumista, aonde se perde cada vez mais o valor, o caráter e a...
dignidade. Infelizmente hoje se coloca valores (moeda) em pessoas, em amizades, como se fossem mais um negócio.
         E os Papais Noéis e coelhinhos da páscoa foram trocados por chocolates caros, presentes virtuais e substituíveis... :(
         Sinto saudades das pegadas do coelhinho da Páscoa e até mesmo do HO HO HO do Papai Noel, não da fábula, mas do que ela significava, da alegria sincera que me dava, da felicidade pura que sentia e que podia ver também naqueles que amava.
Nostalgia... :/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A minha opinião eu dei, agora quero ver a de vocês!