29 de junho de 2014

Um Dia Frio.

     Saudade é uma palavra que só existe na nossa língua. A gente tenta dar significado, mas não podemos definir. Saudade é saudade. Indefinível como o próprio sentimento é. Eu queria me explicar dizendo que o que eu sinto é Saudade. Mas Saudade era o que eu sentia quando tinha de esperar 3, 4 dias para te ver. Quando saia da tua casa e logo mandava uma mensagem dizendo "saudades". Quando te ligava por qualquer motivo, só pra te ligar.
     O que eu sinto agora, eu não sei o que é. É um lugar da cidade que a gente ia, uma música de amor que toca, um cheiro de pipoca, de edredom, de perfume. Sei lá... Uma lembrança que me vêm, na verdade uma porção delas. São as coisas simples, as do dia a dia...
     Eu poderia exemplificar, mas não poderia definir. Indefinível como o próprio sentimento é.
     Não falo sobre o assunto, ninguém me entende. Nem eu me entendo. Eu finjo pros outros, eu finjo pra mim.
     Olho pro céu como se eu fosse de outro lugar. Me confesso em silêncio. Mas ninguém consegue me ouvir, a não ser as estrelas que são cúmplices de um sentimento tão vivo e intenso.




"A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca, e que, esquivando-se do sofrimento, perdemos também a felicidade..." (Carlos Drummond de Andrade)




Eu queria era ter você aqui...

27 de junho de 2014

Déranger Les Pierres.

Ao som daquela voz rouca,

ou não,

aquela voz suave que apaixona e encanta.


     Vou entrando na minha primeira noite oficialmente de férias, com uma xícara de café ao lado, o barulho da chuva ao fundo e as vontades que tomam conta de mim. O papo vai fluindo noite adentro  com um grande amigo que fazia alguns dias que não conversávamos, e com isso, juntado a uma boa música, as coisas vão ficando melhores e muito mais animadas!

Agora é realmente aquele momento em que a saudade de Curitiba volta com força total, pois olho pela janela e vejo todo aquele céu que só encontro por lá, sinto cheiro daquele lugar que por muitas me prendeu e não quis me deixar voltar. Quem sabe não voltar seria a solução para matar essa saudade?! rs rs rs. 


     Ao som da voz inconfundível da lindíssima Carla Bruni, minha noite vai fluindo – entre postagens de blogs que sigo, comentários alheios, papos aleatórios, algumas pessoas que vejo andando pela rua nessa noite de uma chuva fina, casais apaixonados que andam de mãos dadas, momentos que não consigo transpor em palavras, mas a imagem por si só, se faz tão presente e com tanta força. Acho isso simplesmente encantador, e vejo tudo da janela do meu quarto, acho que é o que torna ainda mais bonito em uma noite de céu nublado!

[...] Je veux encore brûler douc'ment
Marcher à deux pas du soleil
Et je veux déranger les pierres
Changer le visage de mes nuits
Faire la peau à ton mystère [...]

Obs: Creio que encerrar por aqui a postagem a tornaria ainda mais apaixonante, e deixar que a imaginação de cada um fizesse com que continuassem a imaginar as coisas que estou vendo nessa linda noite de Junho.


26 de junho de 2014

Enquanto isso, chove!

   Já não era de se esperar que eu ia ficar meio assim na ‘fossa’ depois que o meu Boyfriend saiu aqui de casa, afinal – passar tento tempo juntos, tu acaba se acostumando a ter aquela pessoa na hora de um café, na hora de jantar, correr, dormir (principalmente nessa hora que eu sinto mais falta), ai de brinde, vem essa chuva que não para desde que ele foi pra casa, ai o que me resta – ficar deitado lendo ou vendo filme, e sentindo a falta dele aqui comigo.

   Fico vendo as nossas fotos, e relembrando todos aqueles momentos bons que passamos juntos, queria poder relatar tudo, mas não consigo transformar momentos tão bons em algo que caiba no tamanho de uma palavra, fico ouvindo as musicas que ouvimos, e sei lá – me da uma vontade de me tele transportar para perto dele. Mas algo me diz que logo logo vamos estar juntos. Comecei a perceber que quando gostamos de alguém, todo momento é um momento único, e temos que aproveita-lo ao máximo, coisa que posso garantir que fizemos.

    Posso dizer que faz muito tempo que não tinha uma semana assim tão boa, e tão proveitosa!

   Uma xícara de café, um monte de apostilas de Sign Writer para estudar, meu quarto com aquele vazio enorme, que me faz lembrar do meu Boyfriend. Olho pela janela e vejo a chuva caindo lá fora, aquele frio que toma conta das ruas, aquele som gostoso tocando aqui dentro, e a certeza de que momentos bons estão por vir.


[...] Pr'onde eu só veja você 
Você veja a mim só [...]


17 de junho de 2014

É HOJE!

MEU NAMORADO ESTÁ VINDO PARA FICAR UMA SEMANA COMIGO! Nem acredito ainda que ele tá vindo pra cá, juro que parece um sonho que hoje vou ver o meu Barbudo LINDO, que eu to morrendo de saudadeeee! #MuitoMaisQueFeliz



16 de junho de 2014

O meu amor é ELA!

Ela pode ser barulhenta, ela pode ser grande e desengonçada, falem o que quiserem dela, mas ela sim é a minha paixão, o meu amor. Não lembro bem quando foi que me apaixonei por ela, mas sei que ela me conquistou com aquele jeito, todo dela de ser, sei que faz tempo – então isso é um amor de décadas, isso sim. Quando falo dela, todo mundo ri, ou solta alguma piadinha, mas comigo não rola, por que ela é o meu Amor, e sempre a defendo. Quando fiquei sabendo dos seus últimos desejos, chorei vendo, e ainda choro – é algo que não cabe em meu peito, e acaba transbordando em meu coração.


Faz muito tempo que não a vejo por esses lados, mas quando a vejo, sei que ela me ‘chama’ e sinto uma vontade enorme de chorar, não é de tristeza, mas sim de amor, e de vontade de a ter perto de mim, só por alguns segundos, só por alguns instantes, queria eu ter a chance de a ter comigo, por toda a minha vida, e não só em meus sonhos, não queria que ela sumisse, nunca, se ela sumir, vou me sentir só – e não vai ser só por agora, mas para sempre! Seja vermelha, azul ou amarela – o meu amor é por Ela, e só por ela. Minha paixão por uma Kombi, vai além do que qualquer pessoa possa imaginar. Eu amo, simples assim.





14 de junho de 2014

Queria Não Querer!

Ás vezes queria não querer tanto,

O café da padaria da esquina
O colo da mamãe
O chocolate quente do hangar

O livro do carinha do banco do lado no ônibus
O ‘oi’ do vizinho

Queria não querer

O bom dia com um sorriso
O nascer do sol
O amor do namorado
O Pôr do Sol

Aquilo
Ou aquele

Quem sabe?

Só não queria!


12 de junho de 2014

Nosso tempo - Dia dos Namorados!

Texto que escrevi pro meu Namorado, mas é claro que cortei algumas partes:

Pois é cara, hoje é o dia dos namorados hehehe, me perdoe por achar esse dia bobo e apaixonado, é que é como eu te disse, é a primeira vez que passo um dia dos namorados – namorando com alguém saca, ainda mais passando ele assim, com você – meu amorzinho barbudo, e isso é tri importante pra mim. Eu sei que sou meio bobo, sei que por muitas vezes fico falando coisas aleatórias, só pra ter o que conversar com você, e tu fica falando só pra me agradar, quando ficamos em silêncio e eu fico só ouvindo a tua respiração, eu percebo o quanto amo você, e o quanto estou feliz por estar contigo novamente, por poder olhar pro lado e ver você aqui, juntinho de mim. Sei que estamos a 332 km de distância, mas em momento algum isso vai ser ou será motivo de não querer mais ver você, quanto mais longe, mais saudade e mais vontade de te ver e te dar aquele abraço gostoso que encaixa perfeitamente com o meu.
   

          Longe de ti, percebo a falta que faz o teu pé junto do meu na hora de dormir, longe de ti percebo que só sou feliz quando tenho teu abraço ao alcance das minhas mãos, percebo que longe de ti as coisas não tem muito sentido, ou até mesmo cor. Saio na rua procurando o teu sorriso, mesmo sabendo que ele só se encontra ai, a alguns quilômetros de distancia de mim. Sempre fui apaixonado por ti, e entre tantas idas e vindas hoje vejo a tua foto na tela do meu not, ou no quadro no meu quarto, teu chinelo do lado da minha cama fazendo par com o meu, só te esperando, vem logo pra minha casa, vem logo pra minha vida, meu coração tá com saudade do teu, meu abraço sente falta do teu, minha boca quer encontrar logo com a tua. Meu sorriso só é feliz contigo, e daí se te amo, e daí se gosto tanto de ti, e por mim, tu estaria aqui o tempo todo, ou eu ai, ou tanto faz, só queria estar pertinho pra não sentir tanta saudade.


         Sinto falta do café na sacada, ou na sala com o pingo e o sol junto, sinto falta de ir pro shopping e ficar vendo besteiras só por ver, ou de ir no água e ficar sentado tomando uma cervejinha e falando besteira, sinto falta de tanta coisa que não caberia em um simples texto. Mas o mais importante é ver que hoje, crescemos e somos maduros o suficiente para admitirmos que gostamos um do outro, isso que é o bacana do nosso namoro, gostamos um do outro, brigamos, nos mordemos, fizemos cócegas um no outro.

FELIZ DIA DOS NAMORADOS MEU AMOR! 
– Do teu Monkey.



Obs:  Seja em LIBRAS, seja em Espanhol, seja com café ou com um chá, aqui em Santa Catarina ou no Rio Grande do Sul, seja a 332 km, seja com 5 horas e 3 minutos, ou 12 horas de ônibus, seja do jeito que for, mas seja, que seja pro meu Amor. Essa é uma pequena demonstração do quanto eu gosto de ti, espero tu que goste! Aqui começa a surpresa do Dia dos Namorados!




9 de junho de 2014

Aprendendo com a vida!

Com o passar do tempo tu começa a perceber algumas coisas e a aprender com elas, creio que é com a idade que esses lances acontecem. Nunca levei muito a sério quando me falavam a não criar expectativa para com as pessoas, por mais simples que fossem os gestos, mas não criar, seria uma forma de estar na estaca zero com essa pessoa, e quando algo acontecer, ser então o primeiro passo para uma ‘felicidade’, e aquele sorriso de surpresa, admito que mudei muito nesse lance de criar expectativa, mas ainda não 100% para estar tranquilo comigo mesmo.

Sempre espero que as pessoas façam por mim, o que eu faria por elas, mas isso não acontece, por mais simples que seja o ato, e são nesses momentos que começo a perceber o real significado que carrego para com elas, eu sou muito perceptivo e quando rola um lance desses, admito que fico meio quietinho no meu canto, mas não falo nada, afinal, não posso exigir as coisas das outras pessoas, creio que são elas que devem perceber e mostrar a real importância que tenho em suas vidas. O primeiro passo é me fazer feliz, conseguir ser feliz comigo mesmo e mostrar que posso conseguir tudo o que eu quero.


Enfim, com o tempo tu percebe que as únicas pessoas que realmente se importam com você são seus Pais, eles são a razão de muitas coisas, e é claro, de ser quem você é. Eles te valorizam e te mostram o caminho ‘certo’ a seguir, mesmo com a forma ‘quadrada’ deles de ser, mas eles não mudam mais, e temos que aprender a respeitar isso. Admiro meus Pais, e quando eu crescer quero ser igual a eles.


Depois de uma conversa que tive com uma amiga no sábado ainda, na hora do almoço, chegamos a algumas conclusões juntos, e isso me fez passar o tempo todo pensando em algumas coisas e chegando a algumas conclusões, e uma dessas, eu posso considerar a primeira lição para ser feliz, e começar a se importar menos com as pessoas e a me importar mais comigo, a lição é segredo, mas um dia vocês aprendem também hehehe  Agora finalmente posso começar a deitar a minha cabeça no travesseiro e dormir tranquilo, com a consciência de tarefa realizada, e de que a minha parte eu fiz. Sei lá – só não quero perder esse encanto que tenho, desde sempre, o encanto do menino apaixonado e bobo, mas eu sei que não vou perder ;)

7 de junho de 2014

Aquela noite, mais uma.

   Talvez hoje fosse pra ter sido mais uma noite normal, aquela noite comum, quando você reencontra seus Pais, seu cachorro, sua casa, e até mesmo seu quarto. Aquela noite que tudo era pra ser normal, como tantas outras noites que já se passaram. Mas não foi, e você ficou com a tua cabeça toda bagunçada, e quem deveria ajudar, não ajuda, só piora as coisas, te deixando ainda mais confuso, ainda mais pensativo, tu só queria uma palavra de conforto, nada além disso, e o que tu ganhou?! Nada. Hehehe Não sei se quero ser gente grande mais, cansei de brincar disso, acho que ao mesmo tempo que tive que amadurecer para tantas coisas, não consegui me preparar bem pra elas, e hoje isso pesa.

   Na verdade eu não quero ter que pensar em tudo isso agora, quero só deitar a minha cabeça no travesseiro e dormir, tranquilo, ou ter aquela palavra de carinho e conforto que eu tanto preciso, talvez fosse só isso, só queria ter uma vida normal, uma casa, um cachorro, um marido, um trabalho e um carro, só isso. Não quero nada de mais, mas queria um pouco de paz dentro da minha cabeça, que é onde travo as maiores batalhas, creio que se mudar algumas coisas, seria um tiro no escuro, e até que ponto isso seria bom pra mim?!


   Vontade de sair andando sem ter rumo ou hora pra chegar, queria sair, com a certeza que não tivesse ninguém me esperando pra quando voltasse, mas esse seria o meu desejo pra hoje, pra agora, e só. Quero alguém, um dia, que esteja me esperando de braços abertos, quando eu voltar – mesmo que seja da padaria da esquina, mas eu quero.  Só que nessa hora, eu preciso da minha mente limpa e tranquila, queria meu Boyfriend aqui, quietinho do meu lado, sem falar nada, só me abraçando, ou meus amigos, pra tomar mais aquela taça de vinho. 

5 de junho de 2014

(Bitch) HAHAHA

Acordei com essa musica na cabeça a semana toda, era meio que no automático quando acordava e já colocava ela pra tocar no meu not. A letra eu achei simplesmente perfeita, no começo ela já diz que o cara não achou ela em uma cozinha, mas sim em um estúdio – tipo, não preciso malhar a minha bunda por você, por que eu tenho um cérebro (pra que algo mais fantástico que isso, quando se está pensando em quebra de tabus?!).

Essa quebra de tabus sobre manequins que a indústria da moda impõe como perfeitos na cabeça das mulheres de hoje em dia, em que – sei lá, por exemplo, tu não fores manequim 38 não será bonita o suficiente. [...]Sometimes it’s hard to find the words to say / I’ll go ahead and say them anyway / Forget your balls, and grow a pair of tits / It’s hard, it’s hard, it’s hard out here / For a bitch, it’s hard / (For a bitch, for a bitch) / For a bitch, it’s hard / It’s hard out here [...]
(Tradução: Às vezes é difícil encontrar as palavras para dizer / Eu vou em frente e digo de qualquer jeito / Esqueça suas bolas e crie um par de tetas / Está difícil, está difícil, está difícil por aqui / Para uma vadia, está difícil / (Para uma vadia, para uma vadia) / Para uma vadia, está difícil / Está difícil por aqui [...]).

Isso serve para os homens também, se não tiver barriga de tanquinho ou aquele braço malhado não vai servir, e nem uma ‘mina’ vai te dar bola, entre os gays então é ainda pior, vive-se em busca do corpo perfeito, mas estão esquecendo de malhar os seus cérebros meus queridos! (Ou pelo menos alguns, né?!) Sei lá, minha construção em cima disso é muito mais peculiar, não gosto de nada exagerado, corpo definido, braços malhados, meu amor – só se for pra concertar o telhado do meu salão de festas, mas na minha cama NÃO!


Não quero braços malhados, não quero corpos bem definidos, não quero alguém que gaste mais tempo pra se arrumar antes de sair, do que o tempo que passa fora de casa, posso esperar 10 ou 15 minutos, mas não 3 horas! HAHAHAHA É meus queridos, vamos quebrar mais esse tabu?! Não importa se é alto ou baixo, com pelos ou lisinho, malhado ou fofinho (até magrinhos como o meu Boy entram na lista), o que importa é aquele cérebro malhado, beleza não sustenta conversa! Borá então curtir o som dessa #DIVA - que não tá preocupada com o que vão falar, ela só quer dançar \o/


3 de junho de 2014

Aquela tattoo!

     Não sei o que vocês acham de caras tatuados, mas eu particularmente fico de cara quando vejo um chegando perto de mim. Meu Boyfriend, tem várias tatuagens espalhadas pelo corpo, por exemplo, e algumas em lugares estratégicos, o que me deixa tri apaixonado por ele, e agora – antes de vir pra cá no dia dos Namorados, ele tá terminando mais uma na coxa que vai ser maravilhosa, e eu já na curiosidade pra ver né ;) HAHAHAHA


   Eu mesmo tenho algumas espalhadas pelo meu corpo, e com planos de fazer mais algumas em breve, afinal sou aquele apaixonado por tattoo, e cada uma em especial com um significado na minha vida. A minha primeira foi nas costas (que agora meu Boy quer por que quer que eu esconda ela com uma outra tattoo, eu até to topando essa ideia, e curtindo as ideias que ele tem me passado, já que ele disse que essa ele vai me dar), tenho uma na cintura do lado esquerdo que significa Guerreiro Guardião, duas no pé direito e uma no pé esquerdo. Sim, sou apaixonado por tattoo’s.

   Quando se pensa em fazer uma tattoo temos que levar em conta vários fatores, por exemplo, onde, o que queremos tatuar, o tamanho, o estilo, e é claro o significado dela. Por exemplo, nas minhas costas eu tenho o meu signo tatuado em meio a alguns galhos de espinho, ela é pequena, comparada as outras que eu tenho, e por isso hoje a vontade de tirar, tapar ou apagar ela é tão grande hehehe, então galera, antes de fazer uma tattoo nova, levem tudo isso em consideração.

   Mas agora me digam vocês, o que acham de tattoo’s, se vocês tem alguma e onde, é claro! HAHAHAHAHA Fico no aguardo heeeim! 

2 de junho de 2014

Namastê Amigos!

Adivinhem quem voltou?! EU.


Depois de uma semaninha na casa do meu Boyfriend, voltei para terras tupiniquins, para o frio aqui de Santa Catarina. Mas já estou prontinho pra voltar pra lá, ou não né, agora é a vez de ele vir ser meu cobertor de orelha aqui, na minha cama, no meu canto, na minha vida. Posso garantir uma coisa para vocês, voltei de lá mais apaixonado por ele, creio que essa semana além de muito sexo tudo, serviu para nos conhecermos muito mais. E eu realmente voltar mais afim daquele barbudo lindo que me encanta com cada sorriso ao acordar, e com cada beijo ao adormecermos.


Cada experiência que vivenciei lá que olha, daria muita história para esse blog heeeim, mas não sei se rola, algumas não posso, mas outras quero contar e com detalhes ainda, quero contar principalmente o fato da oficina de Mantra que o meu Boy me fez ir, confesso que na hora não colocava muita fé nisso, mas no final eu era o mais animado, e até ganhei um livro do cara que ministrava a oficina, com dedicatória do meu Boy. Amei cada segundo ao lado dele, como sempre né, acho que sou o mais apaixonadinho do mundo, mas esse sou eu, e não adianta não mudo por nada desse mundo, sou apaixonado mesmo e demonstro isso sempre. Acho que é um dos motivos de eu viver com esse sorriso bobo sempre.


E o dia dos Namorados chegando e eu já pensando em o que comprar pro meu Boyfriend, mas creio que já cheguei a conclusão do que vai rolar nesse dia dos Namorados, que com toda certeza vai ser o mais especial de todos, afinal vou passar com o cara que eu amo. Com toda certeza depois que eu conseguir fazer o que eu quero vocês vão ficar sabendo o que vai ser e como vai rolar tudo ;) Faço questão de contar tudo depois! HAHAHAHAA Enquanto isso, vou indo ver um filminho com as amigas que estão morrendo de saudade da minha pessoa, e fico aqui nesse frio, só lembrando dos dias que passei com o meu cobertor de orelha lindo. Em breve mais histórias meus Amores, beijos e abraços de luz para todos!