26 de agosto de 2014

A Partida!

Demorei para aceitar a partida do meu Namorado, que por ironia do destino resolveu me deixar em um dos momentos em que eu mais precisava dele, em um momento tão delicado da minha vida, onde descubro que tenho uma psicopatologia (que começo a explicar no novo blog que criei Diário da Verdade!). Não tem sido nada fácil esses últimos 10 dias, fiquei sem postar nada afinal ainda me sinto frágil e abalado para tal. Só quero abrir uma lacuna aqui para deixar claro que tanto eu quanto ele, temos a mesma psicopatologia, então ele deveria me entender já que se trata a mais tempo que eu, mas foi covarde ao me deixar.

Passei por um surto psicótico a alguns dias atrás, do qual não lembro de nada, só de alguns fatos isolados, e que são desconexos dentro da minha cabeça. Não consigo entender o que aconteceu, ou como aconteceu, mas sei que em um surto de raiva eu quebrei tudo o que estava ao meu alcance dentro do meu quarto, só para que vocês tenham uma noção do que aconteceu, tentei suicídio também. Não conseguindo ter "sucesso" - admito aqui que não é a primeira vez que tento.

Enfim, não tenho muito o que falar, além de que estou em um dos momentos mais difíceis da minha vida, Espero do fundo do meu coração a compreensão de vocês meus amigos, e apoio nessa nova fase que se inicia em minha vida, como já tive dos meus queridíssimos Bratz e Ro Fers. E admito que ainda estou aprendendo a lidar com a ausência que o meu ex-namorado, algo que ainda me machuca e parece ser uma ferida que nunca vai cicatrizar! 

8 comentários:

  1. Uma coisa certa na vida ... nada é eterno ... tudo vem e passa, sejamm os momentos felizes, sejam os momentos difíceis ... assim sendo só nos resta vivenciá-los, cada um a seu tempo ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São essas eternidades que vivi procurando, sem saber que não existiam. Cada dia um novo passo, um novo desafio e a redescoberta da vontade de viver! Sábio Bratz ;) rs rs rs

      Excluir
  2. não entendi se vcs terminaram ou se ele foi embora pra casa dele. outra coisa: desculpe, mas não é dever, em hipótese alguma, de seu namorado cuidar de vc porque vc está doente, muito menos se ele sofre do mesmo problema. O dever dele é cuidar de si, como o seu é cuidar de vc mesmo. Eu sei que é dificil e duro ouvir isso, amigo, mas vc precisa ser mais forte, vc é muito dependente deste namoro e não pode ser assim, não é saudável.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Terminamos já faz um tempo :D
      E eu aprendi a cuidar de mim, esquecendo tudo de mal que ouvi dele por tanto tempo, hoje, uma pessoa nova, com novos sonhos e desafios. A frente sempreee :D

      Excluir
  3. Situação complicada, mas dias melhores virão.
    Não perca as esperanças.
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dias melhores vieram meu amigo :D Nunca perder a esperança é o primeiro passo para ser feliz :D Mega Abraço!!!

      Excluir
  4. acho que é a minha primeira vez aqui e eu fiquei bem surpreso com a sua narrativa crua e sincera.

    não tem muito o que falar.

    espero que você encontre mais conforto nesse momento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acreditei que uma narrativa assim seria necessária para me mostrar, nu e cru. Encontrei o conforto nos braços de amigos e dos meus Pais. Obrigado pela atenção meu querido!!!


      Grande Abraço !!!

      Excluir

A minha opinião eu dei, agora quero ver a de vocês!