30 de maio de 2015

1ª Vez.

Quantas vezes tu já passou por algum lugar que te lembrou aquele primeiro namoradinho, ou aquele primeiro beijo, escondidos pois vocês são gays; o lugar do primeiro pedido de namoro, e o lugar onde se viram pela última vez. Esse último final de semana passei por onde aconteceu o meu primeiro pedido de namoro, na cidade dos meus pais mesmo, nas escadarias de uma das igrejas que tem lá, e de boa, parece que tudo aconteceu ontem, só estava passando em frente a igreja e ao mesmo tempo um filme passou pela minha cabeça, quando vi ele a primeira vez, ainda no hospital, quando nos vimos depois de dois anos na minha cidade, até o dia do tão sonhado e esperado beijo, o toque das mãos nervosas e frias. Foi tudo tão mágico, que acredito ser esse o motivo de eu não ter esquecido esse primeiro namorado.

Coincidência ou não, no domingo passamos em frente a casa que ele morava, juro que senti o cheiro do quarto, lembrei das lajotas cor de rosa e verde que tinham no banheiro do quarto dele, lembrei-me de coisas até então esquecidas, e isso me fez sentir algo bom, não sei ao certo definir, mas foi algo gostoso de se lembrar. O primeiro presente, a primeira noite, o primeiro dia dos namorados, a primeira festa que fomos (escondidos dos meus Pais, pois eu era menor de idade HAHAHAA), o desafio até ficarmos juntos, é, tenho história para contar.



Deu saudade, uma saudade boba daquela ingenuidade que eu tinha quando ainda novo, sobre relacionamentos, tudo era uma descoberta, sei lá, queria poder voltar no tempo só para curtir aqueles momentos, da forma que curti, sem mudar nada, do dia que nos conhecemos, até o dia em que deixamos de ser um, e nos tornamos dois. Senti saudade !!!