12 de janeiro de 2017

LGBTfobia - matou mais um de nós.

"Mamãe fiquei protegido no seu ventre por nove meses, quando nasci, fui a alegria da família, nasci gay, cresci gay sofrendo na escola, na rua, era o motivo de tantas piadas, a culpa nunca foi minha por isso, e a senhora me matou a facadas e ateou fogo em meu corpo porque era o corpo de um filho gay, morri mas quero que o mundo inteiro saiba que a senhora é uma MÃE ASSASSINA e eu continuarei sendo seu filho GAY Itarbelly Lozano."
Nossa luta agora é por ti também! Morremos contigo também.
Itarbelly descanse em paz e que sua jornada seja de muita força e luz meu querido!



Como o tempo passou!

       Vocês lembram em que ano eu parei? Eu não lembro! 

       Tanta coisa aconteceu desde então, parece que foi ontem que eu fiz a ultima postagem sobre o Emicida. E lá se vão longos dias, que parecem uma eternidade. Bem vou tentar recapitular algumas coisas, outras quero esquecer. Como por exemplo o falecimento da minha Bisavó, no ano passado, é essa senhorinha simpática da foto ao lado - que faz uma falta danada, cada dia que passa parece que mais e mais.


       A perda de grandes amigos no acidente da Chapecoense (pra quem não sabe, sou de Chapecó), a dor de uma cidade que sofreu calada, chorando, ecoando em um estádio toda a sua dor - dias difíceis aqueles, o dia do velório parece tão vivo ainda em nossas mentes, que não conseguimos esquecer se quer um segundo de toda aquela dor, aqueles 50 caixões entrando no estádio, um lugar que deveria ter festa, mas teve dor.


      Tive coisas com as quais comemorar também, a minha formatura por exemplo, gente como eu não imaginava que uma formatura fosse uma noite tão mágica assim, meu deus, que sonho foi aquilo tudo, e sim, houve boatos que eu era o mais animado daquela noite, e olha que tinha muita gente heeeim hehehehe. Depois de tanto tempo estudando dia 08 de Outubro de 2016, me tornei Licenciado em Letras Libras! 



Teve também mais uma coisa boa, logo ali, no finalzinho do ano, minha aprovação no Mestrado de Políticas Sociais e Dinâmicas Regionais - UNOCHAPECÓ.

Essa é a vista do novo apartamento.
     Fiz algumas loucuras também, como por exemplo sair do apartamento onde eu estava morando, e me mudar pra onde eu sempre quis, com a república que eu tinha montado mesmo, mas logo sai de lá também, não fiquei muito tempo não, e resolvi o que? Morar com a prima do meu namorado, soubesse eu que ia ser um inferno atrás de outro, hahahaha - é aquela famosa história, energias positivas, atraem cosias positivas, energias negativas, vocês sabem! Mas agora estou prestes a me mudar novamente, vou morar com dois amigos, que eu acho ser a melhor opção. O lugar tem a vista mais linda que eu já vi em Chapecó, e assim, nada como o nosso lar, ainda nem moro lá, mas já sinto como parte do mesmo.

     Enfim, acho que foi um resumo de tudo o que aconteceu nos últimos tempos. Espero voltar a escrever por aqui, na medida do possível. Mesmo sabendo que tenho um mestrado por dois anos agora e mais o trabalho de Intérprete de Libras, de 40 horas hahahaha! 


Foto da minha atuação como intérprete de Libras
no debate da RICTV - Xanxerê.



E, é nessa que eu vou!